12 de mai de 2010

Odeio você.

Eu odeio o jeito como você me olha quando ninguém vê, e o jeito como você não me olha quando fala comigo.
Odeio como você consegue tirar meu sono, minha fome e meu sossego.
Odeio seu abraço que eu não tenho quando quero e seu beijo que eu não acho em mais ninguém.
Odeio o seu sorriso que não é por minha causa e odeio principalmente o jeito como você me tira do sério e me deixa sem saber o que fazer, o tempo inteiro.
Odeio mais que tudo o quanto eu quero você, o tempo todo, o dia inteiro, até o resto da semana.





Damari Silveira Faria

Um comentário: