14 de mai de 2010

Hoje

Eu tenho uma espécie de 'urgência em viver' dentro de mim. Não sei porquê isso acontece, mas quase sempre sinto que amanhã pode ser tarde demais. Por vezes faço o que me dá vontade. Por vezes me seguro, e fico sufocada, presa. Você não acredita na frase: ‘Não deixe pra amanhã o que você pode fazer hoje’ até que alguém te esqueça, até que perca uma grande oportunidade, ou até que alguém que você quer muito se vá, no outro dia. Ninguém acredita de verdade nessa frase até perder a pessoa que ama sem nunca ter dito como se sente, como pensa nela todo dia, toda hora, como queria que ela tivesse do seu lado o tempo inteiro. Isso não quer dizer que todo mundo deve sair por ai agindo inconseqüentemente. Mas se você parar pra pensar em alguém e te der uma agonia imensa em pensar que ela pode nunca saber que você o ama, não espere amanhã, esqueça as regras do jogo, esqueça o que as pessoas dizem sobre orgulho e timidez. Esqueça o que te enfiaram na cabeça sobre como essas coisas não são tão importantes quanto seu trabalho e seus estudos, acredite, elas são muito mais. Esqueça disso tudo, simplesmente faça as pessoas perceberem que são lembradas e que são amadas por você, pode ser um amigo que você não fala faz tempo, seus pais que você vê todo dia, sua namorada ou até um amor platônico. Só fale. Sinto sua falta. Penso em você. Me perdoe. Eu te amo.


Damari Silveira

2 comentários:

  1. "hoje eu preciso dizer que te amo,tanto."
    Beijo, Mika e Di

    ResponderExcluir
  2. Difícil, mas quero seguir essas regras. rs

    ResponderExcluir